Cobrança

A solução mais ágil para a gestão de contas a receber da sua empresa

Cobrança

A Cobrança Bradesco é um serviço desenvolvido com alta tecnologia para atender exclusivamente às necessidades de controle de contas a receber de empresas que operam nos mais variados segmentos do mercado.

Sua empresa ainda conta com agilidade, segurança e ampla cobertura em pontos de atendimento para recebimento da cobrança.

Confira as soluções de cobrança que o Bradesco oferece

Cobrança Instantânea

É a forma mais ágil e inovadora de registrar, emitir e receber títulos de cobrança no mesmo dia, por meio de uma opção específica no Bradesco Net Empresa.

  • Registro de títulos vencidos com instrução para protesto
  • Recebimento rápido e prático nas suas vendas à vista
  • Desconto do título no banco, no mesmo dia, imediatamente após o registro
  • Dispensa a necessidade de aplicativos para registrar a sua cobrança
Cobrança Escritural Bradesco

Registro, emissão e postagem das papeletas a partir de dados transmitidos eletronicamente pela empresa.

Cobrança Escritural com Rateio de Crédito

Direcionamento automático dos recursos recebidos para outras contas, de acordo com percentuais ou valores pré-estabelecidos.

Cobrança com Débito Automático

Dispensa a emissão de boletos de cobrança, podendo agendar o débito diretamente na conta-corrente ou poupança do sacado, Correntista Bradesco, mediante autorização prévia.

Cobrança Parcelada Bradesco

Ideal para empresas que realizam seu recebimento por meio de parcelas fixas ou variáveis. O Bradesco emite e entrega os carnês no formato padrão ou personalizado.

Cobrança Registro Urgente

As papeletas são emitidas e entregues pela própria empresa e os dados, registrados no banco, assegurando acesso aos serviços de protesto e de emissão de 2a via, quando necessário.

  • Os valores recebidos em dinheiro na rede de Agências Bradesco serão creditados em tempo real ou de acordo com o prazo de repasse negociado
  • Serviços automatizados de protesto com os principais cartórios do país
  • Opção de envio das papeletas aos sacados pela internet, através da solução Cobmail
  • Sacados com conta no Bradesco poderão se cadastrar no serviço Infoemail para receber os avisos pela internet. E terão ainda a possibilidade de realizar os pagamentos até as 23h59 do dia do vencimento
  • Emissão da 2ª via das papeletas registrada no ambiente da empresa ou de qualquer agência do Bradesco
  • Gerenciamento da carteira e trocas de arquivos, por meio do Bradesco Net Empresa
Cobrança Integrada com Nota Fiscal Eletrônica

Solução indicada para todas as empresas que estejam obrigadas a se adequar ao processo de nota fiscal eletrônica em substituição à nota fiscal de circulação de mercadorias modelo 1 ou 1A. Possibilita aos clientes enviar e validar eletronicamente suas notas fiscais com a Secretaria da Fazenda – SEFAZ de seu estado.

A solução integra o processo de emissão das notas fiscais à geração de boletos da Cobrança Bradesco, proporcionando em um único ambiente todo o ciclo de faturamento da empresa, emissão do DANFE, controle das notas fiscais e até o envio de boletos pelo DDA, e-mail ou de forma tradicional.

  • Protesto automatizado
  • Cobmail: opção de envio das papeletas via e-mail
  • Infoemail: notificações sobre as papeletas registradas em seu nome/CPF
  • Gerenciamento da carteira e troca de arquivos por meio do Bradesco Net Empresa
  • Arquivos-retorno de hora em hora
  • Gerenciamento de fluxo de caixa OBB Plus
  • Crédito on-line: pagamentos em espécie disponíveis instantaneamente para compor o seu fluxo de caixa

Como funciona

Após a emissão da nota fiscal eletrônica, o cliente tem a opção de enviar de imediato, por e-mail, o boleto ao sacado/comprador ou, ainda, receber os boletos juntamente com a emissão da NF-e antes da recepção da mercadoria. O portal possibilita integrar a emissão da nota fiscal ao instrumento de recebimento do cliente, no caso, o boleto de cobrança.

Benefícios ao Cedente/Vendedor

  • Redução de custos com papel, envio e postagem de documento fiscal
  • Redução dos custos de armazenagem de documentação fiscal
  • Simplificação de obrigações acessórias, como dispensa de AIDF
  • Redução de tempo de parada dos caminhões em postos fiscais
  • Incentivo ao uso de relacionamentos eletrônicos com clientes - B2B
  • Segurança da informação e dos processos

Benefícios ao Sacado/Comprador

  • Opção de receber os boletos juntamente com a emissão da NF-e antes da recepção do DANFE e da mercadoria
  • Eliminação de digitação de notas fiscais na recepção de mercadorias
  • Planejamento de logística para a entrega pela recepção antecipada da informação da NF-e
  • Redução de erros de escrituração devido à digitação de notas fiscais
  • Incentivo ao uso de relacionamentos eletrônicos com fornecedores - B2B

Como cadastrar

É necessário acessar o link Cobrança Integrada com Nota Fiscal Eletrônica e seguir as instruções para preencher o Contrato de Prestação de Serviço. Se preferir, digite www.nfebradesco.com.br.

O que é preciso para usar - requisitos técnicos

Para utilizar o portal Cobrança Integrada com Nota Fiscal Eletrônica, é necessário possuir:

- Certificado digital no padrão ICP-Brasil – modelos A1, A3, NF-e A1 ou NF-e A3
- Acesso à internet
- Solicitar o credenciamento na SEFAZ do seu estado

Dúvidas mais comuns

Quais os tipos de documentos fiscais em papel que a NF-e substitui?

Atualmente, a legislação nacional permite que a NF-e substitua apenas a nota fiscal modelos 1 / 1A, que é utilizada para documentar transações comerciais com mercadorias entre pessoas jurídicas. Não se destina a substituir a nota fiscal ao consumidor modelo 2 ou o cupom fiscal. Os documentos que não foram substituídos pela NF-e devem continuar a ser emitidos de acordo com a legislação em vigor.

O destinatário da mercadoria poderá exigir e receber a nota fiscal em papel modelo 1 ou 1A ao invés da Nota Fiscal Eletrônica?

Não, esta exigência não poderá ser feita pelos destinatários. Nos casos em que o emitente for obrigado ao uso da NF-e, a obrigatoriedade de emissão de NF-e aplica-se a todas as operações praticadas em todos os estabelecimentos, sendo vedada a emissão de nota fiscal modelo 1 ou 1A.

Em quais tipos de operações a NF-e pode ser utilizada?

A NF-e substitui a nota fiscal modelos 1 e 1A em todas as hipóteses previstas na legislação em que estes documentos possam ser utilizados. Isso inclui, por exemplo, a nota fiscal de entrada, operações de importação, operações de exportação, operações interestaduais ou, ainda, operações de simples remessa.